Só Jesus Cristo salva e traz transformação social

0
55

“Recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também procurei fazer com diligência.” Gálatas 2.10

Em Gálatas 2, Paulo menciona uma reunião com a liderança apostólica em Jerusalém, onde expôs o seu chamado missionário para alcançar os gentios. Na ocasião, todos concordaram que Pedro bem representava o ministério aos judeus e que, pela graça, Paulo fora chamado aos gentios.

A pregação aos gentios não foi natural, sendo necessária a intervenção de Deus através de Cornélio e Pedro (Atos 10) e, mesmo assim, ainda contou com certa resistência de alguns cristãos em Jerusalém (Atos 11). Estes episódios devem ter acontecido por volta do ano 41, e a visita a Jerusalém, que Paulo narra em Gálatas, deve ser datada no ano 47. Portanto a questão da aceitação dos gentios é ponto pacífico. Resta à liderança apostólica certificar-se de que Paulo está cumprindo bem a missão que recebeu, e que o ponto de destaque são os pobres: A compaixão e a graça devem fazer parte dos objetivos de todo projeto missionário, pois fazem parte do ministério da Igreja de Cristo.

Às vezes, as ações de compaixão e graça não serão somente um dos componentes, mas serão a estratégia e também o objetivo do projeto missionário, como no caso das Cristolândias ou de projetos semelhantes mundo afora, como os que mitigam o sofrimento dos refugiados. Nem sempre essas ações resultarão em uma nova igreja, mas indiscutivelmente serão a ação da Igreja no mundo. Plantar novas igrejas e exercer compaixão e graça são componentes inseparáveis da Missão que temos.

Pedidos de Oração
1 – Ore para haja mais cristãos sensíveis ao clamor dos aflitos.
2 – Ore para que as Igrejas realizem ações contínuas de transformação social em sua comunidade local.
3 – Ore pelos missionários que aceitaram o desafio de atuar entre os excluídos sociais.

Crianças em Oração
1 – Oremos pelas crianças em situações de falta de comida, casa, roupa ou brinquedos. Vamos pedir a Deus que nos ajude a fazer algo para socorrer aquelas que estejam perto de nós.
2 – Oremos pelas crianças que conhecem a Jesus para que elas aprendam sobre a importância de repartir com quem tem menos do que nós.
3 – Oremos para que nenhuma criança aceite receber drogas quando alguém oferecer, assim vão crescer de maneira saudável.