Quando os problemas parecem não ter solução

0
112

“E perguntou ao pai dele: Quanto tempo há que lhe sucede isto? E ele disse-lhe: Desde a infância. – E muitas vezes o tem lançado no fogo, e na água, para o destruir; mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós, e ajuda-nos.” Marcos 9.21-22

A Bíblia nos conta histórias de muitos pais, mas a história deste, em especial, me chama muito a atenção. Vemos, nessa passagem bíblica, o clamor desesperado de um pai que, depois de tanto tempo vendo seu filho em sofrimento, já deveria estar pensando que o seu caso não tinha mais solução.

Às vezes lidamos com problemas que parecem se arrastar anos, e até nos “acostumamos” com eles, achando que não têm solução. No entanto, com a história desse pai, do qual nem sabemos o nome, podemos aprender preciosas lições sobre clamor e perseverança.

Esse acontecimento, de tão marcante, foi relatado por Marcos, Mateus e Lucas. Pelo contexto, sabemos que o episódio aconteceu quando Jesus e alguns dos seus discípulos desciam do monte onde Jesus foi transfigurado na presença deles. Ao voltar de lá, Jesus se depara com uma multidão e com esse pai, que pedia ajuda para o filho. Não sabemos quem ele era, nem de onde veio, mas uma coisa é certa: ele estava vivenciando um grande problema, que, na visão de muitos, era sem solução. Seu filho estava possuído por um demônio. Nas palavras do próprio pai, “este, onde quer que o apanha, despedaça-o, e ele espuma, e range os dentes, e vai-se secando; e eu disse aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam”. Que situação esse homem enfrentava! Um filho tomado pelas forças malignas, que ia, pouco a pouco, se definhando! E tudo isso desde a infância. Se a história terminasse aqui, pareceria uma situação sem solução. Talvez muitas pessoas já teriam dito àquele pai: “não tem mais jeito”.

Contudo, ele ouviu falar de Jesus e buscou nele a solução. Sempre haverá esperança em Jesus, por mais desafiador que seja o problema. Hoje quero convidar você a, assim como fez aquele homem, levar todas as suas situações a Jesus e saber que nele podemos renovar a nossa fé e a nossa esperança, por mais adversas que sejam as realidades que enfrentamos. Quero convidar você a fazer o que esse pai fez: levar seu clamor até Jesus. Seu problema tem solução, e Jesus é essa solução.

Vamos orar com fé por aquelas situações, em nossa família, que pensamos não ter mais solução.

Crianças em Oração – A Bíblia nos conta que muitas pessoas iam até Jesus pedindo que Ele as ajudasse com problemas difíceis de resolver. Algumas dessas pessoas tinham problemas ao longo de muitos anos. É o caso do pai que veremos esta semana. Seu filho, que devia ser um adolescente, tinha um problema desde criancinha. Imagine durante quantos anos eles enfrentavam esse problema. Talvez aquele pai já pensasse que não tinha jeito. Mas um dia ele ouviu que Jesus estava por perto, respirou fundo, se encheu de coragem e foi ao encontro do homem mais poderoso de quem ele já tinha ouvido falar.

“Não tem jeito de resolver isso!” Você já ouviu ou falou assim alguma vez? Pode ser que você tenha pensado assim quando o professor da escola mandou uma tarefa difícil para você fazer em casa. Mas depois da explicação do professor, ficou mais fácil e você até conseguiu fazer outras tarefas parecidas.

Jesus tem toda paciência para nos ajudar a resolver até os problemas que parecem não ter solução.

Você está preocupado com alguma coisa? Compartilhe com o papai e a mamãe sobre isso e peça a eles que orem com você falando para Jesus sobre essa preocupação.

#fiqueemfamília