O que fazer quando não há o que fazer

0
95

“A minha filha está morrendo! Venha comigo e ponha as mãos sobre ela para que sare e viva!” Marcos 5.23

Seguimos aprendendo com Jairo sobre como agir em relação aos filhos, quando vivenciamos, com eles, momentos difíceis. Ao ver a filha numa situação desesperadora, quando todas as alternativas já haviam se esgotado, Jairo vai até Jesus e clama: “Minha filha está morrendo! Venha comigo e ponha as mãos sobre ela para que sare e viva!”.

Fico a imaginar Jairo em sua casa com a única filha de doze anos, antes de sua enfermidade. Você se recorda dos seus filhos quando tinham essa idade? Você estava com o coração cheio de planos, pensando em seu futuro e em suas realizações. Os sonhos de Jairo, como pai, não deveriam ser tão diferentes dos nossos: ver a filha crescer, formar-se, casar-se, gerar filhos e continuar a descendência da família… Quem sabe, Jairo sonhava com o casamento dela? Provavelmente seria uma grande festa, até porque os judeus costumavam celebrar casamentos durante uma semana inteira.

De repente, o sonho de Jairo se transforma em pesadelo: sua filha está gravemente doente, à beira da morte. Ele não quer acreditar, mas precisa enfrentar a situação. A situação se agrava a ponto de Jairo clamar: “Minha filha está morrendo!”. Só quem é pai ou mãe consegue sentir a angústia que Jairo sentia naquele momento.

Toda essa história serve para nos ensinar o que fazer quando, aos olhos humanos, não há mais o que fazer. Com Jairo, aprendemos que há, sim, uma última coisa a fazer quando todos disserem que não há mais jeito. Aprendemos que, nos momentos em que não temos respostas, devemos clamar àquele que é o único que pode nos atender: seu nome é Jesus. Clame hoje a Jesus, clame a Ele pelos seus filhos. Ainda não é o fim. Jesus tem a resposta.

Vamos orar para que Deus renove a nossa esperança e nos ajude a crer que tudo vai mudar.

Crianças em Oração – Jairo ouviu falar que por onde Jesus passava Ele ajudava as pessoas, e sabia que nenhum médico iria resolver seu problema. O coração de Jairo deve ter se enchido de esperança. Ele não ligou se seu emprego era importante. Ele precisava de um milagre e sabia que só Jesus poderia ajudar. Então, passou por todas as pessoas que estavam em volta de Jesus e pediu: “Por favor, venha até a minha casa, minha filha está muito doente”.

Quando estamos passando por alguma coisa difícil, podemos fazer como Jairo e falar com Jesus sobre nosso problema. Mesmo se nenhuma pessoa puder nos ajudar, Jesus pode.

Ore para que mais pessoas saibam que podem pedir a ajuda de Jesus para resolver seus problemas. Ore também para que todos que conhecem a Jesus consigam falar dele para os seus amigos.

#Fiqueemfamília