Um pai vai até Jesus

0
127

“Um homem chamado Jairo, chefe da sinagoga, foi e se jogou aos pés de Jesus, pedindo com muita insistência: – A minha filha está morrendo! Venha comigo e ponha as mãos sobre ela para que sare e viva!” Marcos 5.22-23

Quando chegamos ao nosso segundo encontro deste mês de clamor pelos nossos filhos, olhamos para a história de Jairo, um pai em desespero que vai até Jesus. No instante em que Jesus cruzou o Mar da Galileia e provavelmente desembarcou em Cafarnaum, Jairo vem até Ele e se lança aos seus pés clamando por socorro. Jairo era o líder da sinagoga local, o responsável pelo culto, pelo funcionamento da escola semanal e pelos cuidados do edifício. Um líder importante naquela comunidade.

O ato de Jairo inclinar-se aos pés de Jesus foi, além de respeitoso, muito corajoso. Como líder da sinagoga, ele tinha bom relacionamento com os fariseus, que consideravam Jesus um herege e viviam em constantes controvérsias com Ele. Com esse gesto público de submissão, Jairo arriscou sua reputação.

Mas sua necessidade foi tão grande que ele se esqueceu de tudo isso. Ele ignorou a política e a religião para ir até Jesus em busca de uma resposta para seu problema. Graças à fé que demonstrou, seu nome e sua atitude foram registrados em três Evangelhos: Mateus, Marcos e Lucas.

Jairo deixou tudo para trás em troca de experimentar o poder de Cristo. Ele vai até Jesus e lhe pede com insistência: “Minha filha está morrendo! Venha comigo e ponha as mãos sobre ela para que sare e viva!”.

No dia de hoje, nosso convite é que, assim como Jairo, você vá até Jesus sem se importar com o que os outros vão pensar. Vá até Jesus confiantemente e lhe apresente seus filhos e seus problemas. Você vai precisar de coragem e ousadia. Não tenha medo.

Vamos orar apresentando nossos filhos a Deus, crendo que só Ele pode mudar a história deles.

Crianças em Oração – Muitas pessoas passam por problemas, às vezes de saúde, falta de dinheiro ou outros. A Bíblia conta a história de um homem chamado Jairo. Ele e sua família estavam passando por um problema bem sério: sua filha de doze anos estava doente e ninguém conseguia ajudá-la. Jairo foi ao encontro de Jesus, que passava por sua cidade.

Não é legal ver pessoas sofrendo, imagine como os papais se sentem quando seus filhinhos estão doentes. Ainda bem que sempre podemos pedir a ajuda de Jesus. Hoje, ore pelos papais que estão tristes por verem seus filhos doentes. Ore também por aquelas pessoas que estão passando por alguma doença em casa e também nos hospitais. Peça a Jesus que as ajude.

#Fiqueemfamília