Clamando em lágrimas

0
42

“Logo que a viu, o Senhor se encheu de compaixão por ela e disse-lhe: Não chores.” Lucas 7.13

A dor do coração daquela mãe que perdera seu filho se expressava em lágrimas. Ela clamava em pranto, o que chamou a atenção de Jesus e o encheu de compaixão, logo que a viu.

Uma mãe ou um pai não pode jamais estar indiferente à morte espiritual de seus filhos. Não pode se conformar com a situação terrível de ver seus amados vivendo sem Jesus, caminhando para o inferno. É preciso chorar por eles todos os dias, clamando em lágrimas. A irmã Ester Peixoto, intercessora na Sala de Oração de Missões Nacionais, sempre chora diante de Deus em oração, dizendo: “Senhor, não nos destes filhos para irem para o inferno… Não queremos vê-los longe de Ti. Salva os nossos filhos, Senhor!”.

Jesus viu as lágrimas daquela mãe de Naim e foi profundamente tocado por elas. Ele se encheu de compaixão, e o milagre veio! Se aquela mãe estivesse indiferente, conformada, nada aconteceria. As lágrimas de um pai ou de uma mãe que clamam por um filho perdido tocam o coração do Salvador. A oração de um pai ou mãe move as estruturas celestiais e desencadeia ordens e ações do trono de Deus. O Senhor se compadece profundamente, se importa genuinamente e age certeiramente.

Se seus filhos, que são herança do Senhor, estão longe de Jesus, não se conforme com isso. Não se iluda por serem bem-sucedidos materialmente. Chore por eles diante do Senhor, em oração perseverante, crendo no poder do Salvador. Deus há de trazê-los à vida!

No final do texto bíblico de hoje, versículo 13 de Lucas 7, Jesus disse à mulher: “não chores”. Não era uma censura ao choro da mãe que sofria. Ao contrário, era uma palavra de grande esperança, como se estivesse dizendo: “eu ouvi a sua oração, vi as suas lágrimas, e agora a causa é minha. Deixa tudo comigo. Confie e veja o que eu farei!”. Você crê que Ele faz assim na sua vida também?

Vamos orar para que Deus salve nossos filhos. Vamos nos derramar em oração por eles.

Crianças em Oração – Quando Jesus viu aquela mãe chorando pela morte do seu filho, Ele sentiu a tristeza dela. Ele se aproximou e disse: “Não chore”. Ele não disse isso porque estava bravo e queria que ela parasse de chorar, mas para consolá-la. Jesus mostrou que se importava com ela.

A Bíblia nos ensina que devemos nos importar com as pessoas. Se elas estiverem chorando, nós devemos consolá-las, mesmo se não soubermos o que dizer. Se elas estiverem com problema, devemos ajudá-las como podemos. Se elas estiverem alegres, nós também devemos ficar alegres com elas.

Ore para que Deus ajude você a mostrar que se importa com as pessoas que estão à sua volta. Depois, pergunte para alguém da sua casa se precisa de alguma ajuda. Se for alguma coisa que você consiga fazer, ajude. Mas, se não for, ore com ela e peça a ajuda de Deus.

#fiqueemfamília