Dia 23 – DEUS SE FEZ UM DE NÓS!

0
161

“Que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste.” (Salmos 8.4,5)

Como alguém que domina outro idioma, reconheço o valor de fazermos uma imersão na cultura do país cuja língua desejamos aprender. Essa imersão permite oportunidades únicas de nos misturarmos e, ainda que por pouco tempo, vivermos como se fôssemos nativos. O livro de Hebreus (2.6-9) diz que Jesus fez exatamente isso! Ele tomou a forma humana e tornou-se semelhante a nós a fim de nos salvar. Ele se fez um de nós!

O homem é frágil e limitado. Por isso o salmista, no verso em destaque, pergunta a Deus: “que é o homem mortal para que te lembres dele?”. Deus não só se lembrou do homem, mas também o visitou, e com ele esteve. Jesus fez isso porque quis (e precisava) experimentar nossas dores e lutas. Ele veio em forma humana para que pudesse se tornar o mediador perfeito e também o sacrifício perfeito.

O amor de Deus pela humanidade foi tão grande, e seu desejo de nos ter
com Ele foi tão intenso, que planejou a vinda de Jesus para justamente permitir essa aproximação. Isso me lembra um trecho da música de Gláucia Carvalho: “Nada é mais profundo do que que a vinda, aqui no mundo, de alguém que se fez carne só porque faz falta ao seu amor”. Jesus nasceu e experimentou a fragilidade humana por amor a nós. Quis nos conhecer de perto e sentir o que sentimos. Em Seu amor, fez a ponte para permitir a ligação do homem a Deus. Deus se fez um de nós!!

REFLITA E ORE – O Deus infinito e criador do universo se revestiu da fragilidade humana para demonstrar seu amor por nós. Você já parou para apreciar esse fato maravilhoso e inusitado? Enquanto medita, ore e agradeça a Deus por seu amor demonstrado na vinda de Jesus ao mundo.

CRIANÇAS EM ORAÇÃO – Você já parou para pensar que Jesus foi uma criança como você? Ele precisou de alguém para cuidar dele, alimentá-lo, ensiná-lo a andar, falar, ler e escrever. Ele sentiu fome, sede, frio, dor… exatamente como nós! Sabe para quê? Para se aproximar da gente e demonstrar o seu amor perfeito por mim e por você! Vamos agradecer a Jesus por isso?