Neste Novo Natal!

0
174

Lembremo-nos dos que vivem em guerras, e façamos uma oração de PAZ por eles!

Lembremo-nos dos que odeiam, e façamos uma oração de AMOR por eles!

Perdoemos os que nos magoaram, e façamos por eles uma oração de PERDÃO!

Solidarizemo-nos com os desesperados, e façamos uma oração de ESPERANÇA por eles!

Esqueçamo-nos das tristezas do ano que finda, ano marcado por uma pandemia, e façamos uma oração de ALEGRIA por nós mesmos!

Acreditemos que o mundo ainda pode ser melhor, e façamos uma oração de FÉ pela humanidade!

Supliquemos pelos que sofrem as perdas na pandemia, e façamos uma oração de CONFORTO por eles!

Que, em meio às dificuldades do momento, nos lembremos de que “ AINDA QUE…” (Hc 3.17,18), temos motivos para agradecer!

Portanto, que seja esta a nossa oração:

Obrigado, Senhor, pelo nosso alimento, quando tantos passam fome.

Obrigado, Senhor, pelo nosso lar, quando muitos dormem nas ruas.

Obrigado, Senhor, pela felicidade das companhias, quando tantos vivem na solidão.

Obrigado, Senhor, pelo Seu amor em nosso coração, quando muitos nutrem o ódio.

Obrigado, Senhor, pela salvação, quando muitos vivem perdidos em densas trevas.

Obrigado, Senhor, pela paz que há em nós, quando tantos vivem em conflitos internos e externos.

Obrigado, Senhor, pelo Natal de Jesus! (Isaías 9.6)

Jesus nasceu! Aleluia!

Osmar Ferreira de Souza

Lembremo-nos dos que vivem em guerras, e façamos uma oração de PAZ por eles!

Lembremo-nos dos que odeiam, e façamos uma oração de AMOR por eles!

Perdoemos os que nos magoaram, e façamos por eles uma oração de PERDÃO!

Solidarizemo-nos com os desesperados, e façamos uma oração de ESPERANÇA por eles!

Esqueçamo-nos das tristezas do ano que finda, ano marcado por uma pandemia, e façamos uma oração de ALEGRIA por nós mesmos!

Acreditemos que o mundo ainda pode ser melhor, e façamos uma oração de FÉ pela humanidade!

Supliquemos pelos que sofrem as perdas na pandemia, e façamos uma oração de CONFORTO por eles!

Que, em meio às dificuldades do momento, nos lembremos de que “ AINDA QUE…” (Hc 3.17,18), temos motivos para agradecer!

Portanto, que seja esta a nossa oração:

Obrigado, Senhor, pelo nosso alimento, quando tantos passam fome.

Obrigado, Senhor, pelo nosso lar, quando muitos dormem nas ruas.

Obrigado, Senhor, pela felicidade das companhias, quando tantos vivem na solidão.

Obrigado, Senhor, pelo Seu amor em nosso coração, quando muitos nutrem o ódio.

Obrigado, Senhor, pela salvação, quando muitos vivem perdidos em densas trevas.

Obrigado, Senhor, pela paz que há em nós, quando tantos vivem em conflitos internos e externos.

Obrigado, Senhor, pelo Natal de Jesus! (Isaías 9.6)

Jesus nasceu! Aleluia!

Osmar Ferreira de Souza